PARCERIAS LUTHIERS

PARCERIAS LUTHIERS
Descontos de até 100% na Instalação de Captadores Malagoli

sexta-feira, 13 de junho de 2014

MALAGOLI GARANTIA VITALÍCIA



MALAGOLI GARANTIA VITALÍCIA

O Captador Malagoli da linha Custom Shop possui garantia para a vida toda (ETERNA), para o comprador original.
Sendo que, por 365 dias a garantia é total. Após este período, a garantia cobre exclusivamente o funcionamento da(s) bobina(s) e do(s) imã(s).
O frete de envio é por conta do cliente. O frete de retorno é por conta da Malagoli.
O envio do produto deve ser acompanhado da Nota Fiscal em nome do remetente (ou parente próximo). Em caso de perda da nota fiscal, o cliente deve possuir cadastrado na Malagoli Captadores e ser o comprador original do captador em questão.
 

Nesta garantia não se incluem: Erros de instalação e desgaste normal do cobre, nem danos ou desempenho reduzido devido ao mau uso ou manuseio inadequado.

Esta garantia não é transferível . Qualquer modificação ou tentativa de reparação deste captador por qualquer outra pessoa, que não seja autorizado Malagoli invalidará esta garantia.

Válido para os seguintes modelos da linha Malagoli Custom Shop, fabricados à partir do dia 01 de Abril de 2014:

SINGLES:
Custom 54
Custom 57/62
Custom 69
Custom Dallas
Custom D.G.
EVO single (6 e 7 cords)
Grand Quarter
Lenny Tone
Quarter Tone

HUMBUCKERS EM FORMATO DE SINGLE, STACKS E MINI-HUMBUCKERS:
Todos os modelos

TELECASTER
Todos os modelos

P90
Todos os modelos

BAIXO ( 4, 5 e 6 cordas)
Alpha
Custom 51
Custom 60
J.B.
J.B. CBS
J-HOT
P-HOT
Quarter Tone -P
Single P-Bass
Soap
M.M. Power

HUMBUCKERS (6 e 7 cordas):
496
600T
A-8
Custom II
Custom II-S
Custom 55
Custom 57
Custom 57 PLUS
Custom 59
Custom 61
Custom 84
Custom 89
Custom STN
Custom SV
Dirty
Distortion
EVH
EVO
HBED
HH777
HH777 Blade
Hot Vintage
Maxosonic
Mr. Bill
Paf Plus
Phantom
PTR
RL legacy
Super Hot

OUTROS MODELOS:
Custom Jazz Master
Vintage Jaguar


terça-feira, 5 de novembro de 2013

PIMP MY GUITAR - Malagoli Captadores & Blackheart Original Guitar


PIMP MY GUITAR

Malagoli Captadores 
Blackheart Original Guitar








1.                  Prefácio
A Malagoli Captadores e a Blackheart Original Guitar lançam a promoção PIMP MY GUITAR.

2.                  Objetivo
A promoção PIMP MY GUITAR consiste em entregar Customização a um proprietário de instrumento musical surrado, baleado, com historia para contar, dentre guitarra ou baixo elétrico, dando nova vida a este instrumento tão especial!
Só serão aceitos instrumentos completos, com todas as peças (Captadores, Ponte, Tarraxas, etc).

3.                  Regras de participação
Os participantes deverão postar no site Youtube.com um vídeo entre os dias 1° de Novembro de 2013 a 15 de Janeiro de 2014.
No tag do vídeo deve constar obrigatoriamente promoção “PIMP MY GUITAR Malagoli Captadores Blackheart Original Guitar”, seguido do nome completo do participante.
Exemplo: PIMP MY GUITAR Malagoli Captadores Blackheart Original Guitar - JOSÉ SILVA.
No campo de observações e detalhes do vídeo deve ser colocado a localização (Cidade e Estado) e o endereço eletrônico (e-mail) de contato do participante, para futuras comunicações.
O vídeo deve OBRIGATORIAMENTE contar uma breve história, sua e de sua guitarra ou baixo e porque a Blackheart e a Malagoli Captadores deveriam escolher o seu instrumento.
O vídeo mais votado (opção Gostei) no Youtube ganha!
Serão considerados APENAS a quantidade de CURTIR do próprio vídeo, no site do Youtube.
Obs.: Não serão consideradas curtidas em outros vídeos, nos comentários, ou fora do Youtube, como  Facebook, etc.
O resultado será divulgado no dia 20 de Janeiro de 2014.

4.                  Forma da Premiação
Customização de guitarra ou baixo elétrico para o vencedor.
A customização do instrumento será avaliada e acordada entre o participante escolhido e os organizadores do evento e promoção PIMP MY GUITAR  dentre estes podem estar inclusos os serviços de:

·                    Pintura;
·                    Regulagem;
·                    Troca da elétrica;
·                    Troca do escudo;
·                    Troca dos captadores;
·                    Troca ou manutenção de Pontes, Trêmulos e tarraxas.

OBS: A customização em si e o que esta compreenderá poderá resultar em recuperação, manutenção ou eventualmente substituição, sendo que a decisão ficará por conta dos organizadores do evento.
Não faremos modificações na madeira como corte de captadores, pontes ou modificações no desenho da guitarra ou headstock, salvo iminente necessidade ou detalhes a cargo de decisão dos organizadores do evento.
OBS.: Todas as alterações serão previamente combinadas com o proprietário vencedor, salvo este expressamente consignar que deseja alteração surpresa.
Nota: Alteração surpresa consiste no vencedor confiar única e exclusivamente aos organizadores na escolha da customização, com seu consentimento prévio e sem ser avisado posteriormente das alterações e o que será realizado, se comprometendo apenas a aguardar o resultado, sendo de fato, uma surpresa.

5.    Regras sobre o processo de aceitação e autorização da customização
A customização em si e o que ela compreenderá é reservado a escolha e decisão dos organizadores do evento, que deverão, via e-mail, notificar o sorteado e proprietário do instrumento, requerendo sua autorização expressa no prazo de cinco dias úteis.
Não sendo aceita a customização proposta, poderão os organizadores contra propor à customização inicial, ouvindo os interesses do sorteado, que deverão ser listados na resposta do e-mail em si.
Não chegando a um consenso entre organizadores e o proprietário sorteado, após segunda proposta de customização, será notificado o sorteado vigente da impossibilidade de realização da customização (em força de incompatibilidade de interesses entre os contratantes) e a promoção seguirá nomeando novo sorteado, seguindo ao próximo candidato que atingiu maior votação, assim sucessivamente, ate chegar ao 5º lugar ocupado em votações válidas.

6.                  modalidade de alteração surpresa
Alteração surpresa consiste no vencedor confiar única e exclusivamente aos organizadores na escolha da customização, com seu consentimento prévio e sem ser avisado posteriormente das alterações e o que será realizado, se comprometendo apenas a aguardar o resultado, sendo de fato, uma surpresa.

7.                  Termo de Validade
Válido somente para instrumentos elétricos e maciços (Violões, Baixos Acústicos e outros instrumentos serão desclassificados).
Ao participar da promoção, o vencedor automaticamente concorda com os termos acima e em ceder sua imagem e de seu instrumento para divulgação.

8.                  Do Envio e Regresso do Instrumento
O frete de envio do instrumento à sede da empresa em São Paulo é por conta do proprietário.

9.                  Custos da customização
Todo o custo de serviços e peças, assim como o frete de retorno da guitarra será inteiramente pago pelos organizadores.

10.              Prazo para realização do serviço
O tempo para entrega do instrumento consiste em até 60 dias úteis à partir do recebimento do instrumento podendo ser acrescidos de mais 30 dias dependendo das alterações a serem realizadas, de sorte que todas as alterações e caso haja necessidade de prazo adicional serão previamente notificadas AO VENCEDOR.


sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Quer saber um pouco mais como são feitos nossos produtos?
 

HISTÓRIA DA MALAGOLI


Os anos 60 foram marcados pela inovação no campo da música. Grandes sucessos surgiram nessa época de revolução, como the Beatles, Rolling Stones, The Yardbirds, The Byrds, The Animals, Bob Dylan, The Doors, Jimi Hendrix, The Who, Janis Joplin, Eric Clapton, etc. No Brasil, essas bandas influenciaram muitos músicos que começaram a historia do Rock Nacional. O destaque ficava por conta de Os Incríveis, Made in Brazil, The Jet Blacks, Mutantes, etc.
Um grande berço no Brasil se situava no bairro da Pompéia, de onde saíram a maior parte das bandas citadas acima, mas falaremos de uma em especial:

The Thicks

Composta por 4 garotos do próprio bairro da Pompéia, dois destes integrantes, Carlos e José Malagoli (guitarristas da banda), por dificuldade, acabaram por fazer eles próprios na marcenaria do pai, Mario Malagoli, seus próprios instrumentos, “do zero”. Eram instrumentos 100% artesanais, incluindo as pontes e os captadores.

Com a primeira guitarra, os dois irmãos puderam finalmente montar uma banda com mais 2 amigos.

No primeiro ensaio, trocaram a guitarra por um amplificador.

Em seguida construíram outra, que também trocaram.

Com a dificuldade para encontrar instrumentos no mercado, logo eles viram a oportunidade de vender os instrumentos fabricados a outros jovens músicos o que, com o aumento da demanda, fez com que fundassem junto com outros dois irmãos, Duílio e Geraldo, a empresa MALAGOLI, em 1965.

A marcenaria, especializada em móveis de estilo, passou a ser também uma fábrica de guitarras, baixos e amplificadores, sempre usando a marca SOUND.

De início, os captadores eram fornecidos pela empresa do lendário “seu” Vitório, famoso no ramo por seu pioneirismo na construção dessas peças, cuja empresa, Capsom, ficava no mesmo bairro.

Porém, como esta empresa de Captadores fornecia também para vários fabricantes de guitarra, entre eles Giannini, Phelpa, Rei dos Violões, etc, o fornecimento das peças não era constante, o que levou os irmãos a desenvolver e produzir seus próprios captadores para uso em seus instrumentos e também para fornecer a outros fabricantes de instrumentos.

Com o passar dos anos e o fechamento da Capsom, a Malagoli acaba por se dedicar a pedais e captadores, deixando de lado a fabricação de instrumentos (guitarra e baixo) e amplificadores.
A banda infelizmente acabou por conta do comprometimento dos irmãos à empresa, mas a SOUND se tornou referência no mercado, tanto com os captadores quanto com os pedais.

Os captadores passam a ser o produto principal da empresa nos anos 80, quando os pedais deixaram de ser fabricados.

Em 2004, Érico Malagoli (filho de Carlos Malagoli) assumiu a tarefa de desenvolver captadores totalmente novos. Estes novos modelos deveriam “romper com o passado” de produtos populares da empresa e levá-los a outro status: O de captadores de alta qualidade, similar às melhores empresas americanas, como Seymour Duncan, Di Marzio, Fender e Gibson.

Assim, com a assessoria de Leonel, um guitarrista amigo da família e mais tarde, em parceria com Henry Ho (renomado músico e luthier) e Seizi Tagima (então responsável pelos produtos Tagima), a Malagoli lançou, no final de 2004, sua renovada linha de Singles, seguida pelos novos modelos de humbucker, no meio de 2005.

A marca passa a ser Sound Captadores, que posteriormente virou Sound Captadores (by Malagoli).

Em 2007, veio a linha Custom Shop e, no começo de 2009, é lançada uma linha totalmente revolucionária de single-coil, de nome MULTI-SINGLES, composta principalmente de captadores multi-bobinas (patente da empresa). Na mesma época, a marca Malagoli Captadores é adotada definitivamente e muitos outros modelos de captadores foram agregados à linha de produtos da empresa.

E não para aí, pois a evolução é constante, sempre em busca de inovação e de novas opções de modelos. Sem nunca, em hipótese alguma, abrir mão da qualidade, pois essa é a nossa obsessão.

Hoje, nossos produtos são referência nacional e a Malagoli, a maior empresa de captadores da América Latina.

Dentre os modelos lançados, destacam-se:

HH777
Intruder
Distortion
Custom 57
Custom 59
Custom 84
Custom Alnico Blues
Custom Dallas
Multi-strato
Multi-tone

Confira todos os modelos em:

www.captadores.com.br


quinta-feira, 23 de maio de 2013

TROCANDO DE CAPTADORES



No texto passado escrevi sobre troca de captadores e recebi vários emails me perguntando se valeria a pena a troca mesmo em guitarras baratas. Por isso, decidi escrever um pouco mais sobre o tema, porém focando neste tipo de instrumento: os de baixo custo.

Com o passar dos anos, estes instrumentos melhoraram muito e se tornaram a primeira opção de compra da maioria dos iniciantes. Porém depois que esse iniciante adquire mais experiência, certamente precisará de uma guitarra melhor e a diferença financeira para uma guitarra top é grande.

Então, o que fazer?

A troca de componentes como captadores, elétrica, tarraxas e ponte é uma bela opção, visto que permite a escolha customizada de peças que por vezes não estão disponíveis nem mesmo nas guitarras mais caras, e ainda confere o status de poder dizer "Eu fiz”

Customizar o instrumento para o seu estilo, trocando as peças da guitarra ou baixo é um comportamento recente no Brasil, mas que já existe há décadas em outros países como EUA, Japão, etc.

Muitas vezes estes instrumentos tem também um apelo emocional com o guitarrista, por ter sido o primeiro, presente de família, etc. Então porque se desfazer dele?

Fora isso, atualmente se fala muito em sustentabilidade, afinal é um assunto do interesse de todos. Dessa forma, a troca dos componentes de uma guitarra ou baixo faz muito sentido.

Se o instrumento a ser customizado afina legal e tem uma boa pegada, só a troca dos captadores com certeza será um enorme upgrade e você sentira sua guitarra renovada.

Escolhendo os captadores certos, o instrumento realmente se transforma, é como se você tivesse uma nova guitarra.

Hoje já existem no mercado sistemas que possibilitam a instalação sem soldas, o que permite a retirada dos captadores ou de todo o circuito facilmente, especialmente interessante caso você decida vender a guitarra no futuro.

Enfim, qualquer instrumento pode receber novos captadores e com certeza o som do mesmo ira melhorar muito.

E para concluir, falamos muito a respeito da troca de captadores em guitarras asiáticas e de baixo custo.

Mas e uma guitarra top? Vale a pena a troca dos captadores?

Afinal, este tipo instrumento, de qualidade e preços superiores, já vem com bons captadores.

Mas a questão é: eles são os captadores certos para você?

Estão de acordo com seus estilos, seus gostos musicais?

Se não estiverem, a troca dos captadores com certeza é válida.

Você pode transformar sua guitarra vintage em uma guitarra matadora para metal, se for este o seu gosto.

Nos anos 70 quando surgiram as primeiras fábricas de captadores, a ideia era justamente esta, oferecer novas opções de timbre para as guitarras "originais de fabrica" que existiam.

Desde então, surgiu um novo mercado: o de customização de instrumentos musicais.

Esta customização geralmente é feita pelos luthiers ou pelos próprios consumidores, mas há uma outra opção, que vem ganhando força em nosso país, que é a venda de guitarras novas já customizadas, onde o processo é feito com o próprio fabricante ou na loja onde o instrumento foi adquirido.

Pensando nisso, iremos inaugurar em breve na sede da Malagoli Captadores, uma oficina de customização voltada exclusivamente para a elétrica do instrumento.

Ainda tem dúvidas?

Escreva-nos: erico@malagoli.com.br

Apresentamos: Escudo Solderless


sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Samy Houchaimi - Review dos captadores Malagoli HH777 Blade


sexta-feira, 22 de junho de 2012


Olá amigos,

Algumas pessoas tem me perguntado onde são fabricados nossos produtos, se são mesmo fabricados no Brasil ou se são importados...então achei interessante criar este comunicado:
A Malagoli tem orgulho em fabricar artesanalmente todos os seus captadores no Brasil, desde os modelos da linha Standard até os da linha Custom Shop.

Os únicos modelos importados em nossa linha são os M.Designed, fabricados na Coréia com nossas especificações.

São eles:
Hot Blade (strato e tele)
59 Rails
Vintage Stack
Hot Stack
Jazz Five
Bass Power 4, 5 e 6
M.M.Power 4 e 5

Ou seja, mesmo os nossos modelos mais baratos também são fabricados no Brasil.
Notem que só importamos modelos que AINDA não fabricamos...
Para quem se interessar, há algumas fotos da produção aqui:
facebook


Bom, é isso, qualquer dúvida é só me escrever um e-mail:
erico@malagoli.com.br


Abraços!
E.M.




segunda-feira, 4 de junho de 2012

Bate-papo com Leandro Walczak sobre os Captadores Walczak Custom





sexta-feira, 11 de maio de 2012

TROCANDO CAPTADORES by Érico Malagoli

 
No começo da abertura de mercado nosso país foi invadido por uma enorme quantidade de marcas diferentes de guitarra, algumas tradicionais de qualidade indiscutível, outras oriundas da Ásia, com qualidade questionável.

O fato é que com o passar dos anos os instrumentos fabricados na região evoluíram e hoje representam uma relação custo x beneficio interessante, já que oferecem um bom acabamento e tocabilidade. Além disso, a madeira utilizada também mudou para melhor. Porém o que falta para estas guitarras soarem iguais (ou melhores) que as guitarras mais caras?

Existem várias modificações a se fazer para melhorar estas guitarras, como trocar tarraxas e trêmulos, porém em termos sonoros nenhuma alteração será tão significativa quanto a troca dos captadores. Eles são a alma do instrumento, pois são os responsáveis em captar o som e envia-lo ao amplificador.

Como a madeira do corpo e da escala além do formato da guitarra também influenciam no timbre, o resultado sonoro final será a interação de todos estes itens, interpretado pelos pickups.

Com os captadores, você pode atenuar ou ressaltar as frequências que desejar em seu instrumento, ou mudar completamente o timbre,  para ficar mais ajustado ao seu estilo.

Mas a grande questão é:

Como escolher os captadores?

Não basta pensar nos mais populares ou escolher pelo visual. Deve-se levar em conta a sua guitarra e, acima de tudo, o seu gosto pessoal.

Por isso, antes de mais nada, responda à pergunta:

O que você vai tocar?

Parece óbvio, mas muitas vezes as pessoas compram os captadores que estão disponíveis em determinada loja ou que foram indicados por terceiros que nem possuem o mesmo gosto musical.

A busca deve começar pelo seu estilo, por suas referências sonoras...

Como existem vários tipos de captadores, como Humbuckers, Singles, P90, etc, deve-se levar em conta também a guitarra a ser modificada, para saber qual é o tipo de captador que você precisa.

Ou seja, qual é o pickup mais indicado para a sua guitarra, para lhe proporcionar o timbre que procura.

Se sua guitarra é uma Les Paul, por exemplo, sua escolha deve ser por modelos de humbucker. Um captador P90 não se encaixa em uma Les Paul originalmente montada com humbuckers. Neste caso uma opção seriam os P90 em formato de humbucker, como o Fat boy da Malagoli.

Guitarras com captadores single-coil permitem a instalação de humbuckers em formato de single (como o Hot Rails, Hot Blade ou o 59 Rails), stacks (humbuckers com bobinas sobrepostas como os Noiseless da Fender, M.designed Vintage e Hot Stack, etc) ou os single-coil propriamente ditos.

Muitas guitarras modelo strato hoje em dia já possuem furação universal no corpo, que trata-se de uma abertura só, o que permite a instalação de qualquer tipo de captador, até mesmo humbuckers tamanho convencional. Neste caso só será necessária a troca do escudo.

Os humbuckers convencionais possuem um timbre mais encorpado que os humbuckers em formato de single, que por sua vez possuem mais corpo que os singles.

Sabendo disso, procure dentre os modelos de captadores que você precisa, quais se adequam mais ao seu gosto musical.

Para tocar estilos mais pesados, como Heavy Metal por exemplo, o ideal é procurar captadores de alto ganho.

Eles possuem alta resistência Ôhmica e podem ser produzidos com imãs em alnico (5 ou 8), onde você terá potência com mais definição sonora e brilho, ou cerâmicos, que lhe darão ainda mais ataque e ganho, porém geralmente com menos definição.

O modelo HH777 por exemplo, possui alto ganho e mais definição que o modelo Intruder, que por sua vez possui ganho ainda maior, com mais ataque e um timbre mais grave e ríspido.

Assim, o HH777 é mais indicado para Hard Rock e Heavy Metal e o Intruder por seu timbre mais grave e sujo, além de maior potência, funciona melhor para Heavy, Death e Thrash Metal.

Exemplos de captadores de alto ganho:

Humbuckers:

HH777, HBED, Custom 84, A8, Distortion, 600T, EVO,Traditional HB HOT e Intruder

Humbuckers em formato de single:

Hot Blade

Singles:

Little Intruder e Traditional Texas

P90

HOT P90

Tele

Tele Texas

Em outro extremo, se você pretende tocar estilos mais leves como Jazz, Blues ou Rock Clássico, os mais indicados são captadores de ganho moderado, ou vintage.

Estes captadores também são muito indicados para tocar Hard Rock e Metal dos anos 70.

Eles costumam ser produzidos em alnico 2 ou 5 e possuem um timbre macio, definido e gordo, como por exemplo:

Humbuckers

Custom 57 Plus, Custom 57, Custom 59, Custom Alnico HB e Custom II.

Humbuckers em formato de single:

59 Rails, Hot Stack e Vintage Stack

P90

Vintage e Custom P90.

No caso dos singles, eles são mais cristalinos com timbre limpo e brilhante, como:

Malagoli Custom 69, Custom 54, Custom 57/62, Custom 50, Custom Dallas e Custom Alnico Blues.

Telecaster

Vintage Plus e Original Vintage

Existem ainda captadores que podem ser considerados de “ganho médio”, como por exemplo:

Paf Plus, Custom Alnico HB HOT e Custom 89

Estes captadores ficam no meio do caminho entre os modelos vintage e os de alto ganho, o que é uma ótima opção para quem precisa de um pouco mais de ganho sem fugir tanto das características de um captador de ganho moderado.

Caso você precise de muitas opções de timbre em uma mesma guitarra, pode-se configurar um set mais versátil, geralmente composto por um captador de alto ganho na ponte e um captador de ganho moderado no braço.

Por exemplo:

HH777 Hellbucker, HH777 Blade, Custom 84 ou Distortion na ponte
+
HH777 Realbucker ou Custom 59 no braço

Caso necessite de um single no meio, vale optar por um single que tenha um ganho maior como o Custom Alnico Blues ou Traditional Texas. Ou ainda um humbucker em formato de single como o Hot Stack e o 59 Rails.

Muitas guitarras chinesas vêm com potenciômetros de baixa qualidade ou inadequados para os captadores da guitarra. Vale verificar e se este for o caso, trocá-los. Aproveite e coloque também um bom jogo de cordas.

Caso não tenha familiaridade com um soldador, o ideal é levar a um luthier para que faça as alterações necessárias. Ele também poderá verificar se todas as ligações e o aterramento estão ok e por fim, fazer uma regulagem no instrumento.

Espero ter ajudado, mas a escolha de um captador é algo muito pessoal. A idéia aqui foi indicar um caminho para que comece a sua busca. Leve em conta sempre suas preferências musicais, as bandas e os artistas que você curte. Isso também ajuda na escolha do “seu captador”.

Ficou com dúvidas mesmo assim? Terei o maior prazer em responder:

erico@malagoli.com.br

Valeu!!!

Felipe Bottene - Improviso A Lidio

Guitarra Cast e Caps Vintage Plus da Malagoli Captadores
Captadores.com.br © 2008. Design by :Yanku Templates Sponsored by: Tutorial87 Commentcute